Mudar para visual padrão

Escritório no Brasil
+55 19 3800-3500

0

Como a impressão 3D mudará a cara da manutenção?

Um dos maiores desafios que os fabricantes enfrentam é encontrar o equilíbrio entre baixar os custos do estoque de peças de reposição ao mesmo tempo em que garantem o tempo de atividade de seus equipamentos de produção. A ciência da gestão ótima de peças de reposição é bem documentada, com muitas teorias e softwares complexos implementados em todo o mundo, visando a otimização desse enigma. Mas e se houver uma alternativa diferente?

A impressão 3D existe há duas décadas mas, com a crescente pronta disponibilização dessa tecnologia, ela vem se tornando uma força inovadora que mudará o modo como vivemos. Como o CAD (projeto auxiliado por computador), é possível criar praticamente qualquer objeto… rapidamente. Os futuristas consideram essa a próxima revolução industrial e preveem que, em breve, muitas casas terão uma impressora 3D. Fabricantes de baixo volume, como Airbus e Koenigsegg, uma fabricante de super carros, já adotaram a impressão 3D como parte de seu processo de produção.

Como isso mudará a forma como pensamos em manutenção?

Imagine um mundo onde você não precisa se preocupar com a descontinuação de peças de reposição para seus equipamentos mais antigos ou onde não é necessário estocar nenhuma peça de reposição cara e de consumo lento. Um mundo em que até mesmo a ideia de esperar por uma peça de reposição feita sob encomenda e enviada de Cingapura soaria esquisita.



















Verificação de realidade

Projetos CAD se tornarão mais valiosos no futuro. Se você tiver o projeto, será capaz de produzir qualquer coisa.

Já existem tecnologias, como scanners 3D, com a capacidade de converter um objeto em um desenho CAD. A diversidade de materiais que podem ser produzidos por impressoras 3D expandiu-se rapidamente nos últimos anos e inclui ligas, aço inoxidável, cerâmica e borracha, para citar apenas alguns.

Quanto tempo levará para que cada depósito de peça de reposição tenha uma impressora 3D? Os OEMs ou fornecedores de peças de reposição não venderão mais as peças em si, mas os desenhos CAD. Ou o OEM incluirá uma impressora 3D como parte do estoque de consignação que ele tem na planta e, com isso, poderá dar um suporte muito melhor aos seus clientes de todos os cantos do mundo.

O modo como exatamente as impressoras 3D serão implantadas ainda será revelado no futuro, mas isso é algo que já aparece no horizonte. Como você acredita que essa tecnologia inovadora mudará a forma como pensamos em manutenção?